quinta-feira, 1 de setembro de 2011

Alterações da diurese e da micção

A quantidade de urina produzida pelos rins também denominada diurese apresenta uma variação dependente de inúmeros factores, tais como a quantidade de líquidos e alimentos ingeridos, as características constitucionais do indivíduo, as condições de temperatura e humidade, entre outros. Num adulto normal de peso médico, geralmente, tende a situar se entre os 1 000 e os 2 000 mil por dia, quantidade que costuma ser eliminada entre quatro a seis micções. No entanto, existem várias doenças que podem provocar uma alteração na quantidade de urina produzida e/ou no número de micções.

Poliúria. Corresponde à eliminação de volume de urina superior ao normal, ou seja, superior aos 2 500 ml/dia.
Oligúria. Corresponde à eliminação de volume de urina inferior ao normal, ou seja, menos de 400 ml/dia.
Anúria. Corresponde à ausência de eliminação de urina, embora se considere como tal a eliminação de um volume inferior a 100 ml/dia.
Polaquiúria. Corresponde a um aumento da frequência das micções, mas sem que exista um aumento do volume total de urina eliminada durante o dia. É sempre provocada por uma doença das vias urinárias.
Nictúria. Corresponde à necessidade de urinar durante a noite. Pode ser provocada por uma poliúria. Neste caso, cada micção é acompanhada da emissão abundante de urina. Pode também ser provocada por uma polaquiúria, o que representa o aumento da frequência de micção durante a noite.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário